ConheçaaFundação

A Fundação

A Fundação Iberê Camargo foi criada em 1995, com o objetivo de preservar e divulgar sua obra. Além de aproximar o público deste que é um dos grandes nomes da arte brasileira no século XX, procura incentivar a reflexão sobre a produção artística contemporânea.

Institucionalizada em 3 de outubro, pouco mais de um ano após a morte do artista, a Fundação Iberê Camargo e nasceu a partir da vontade de sua viúva, Maria Coussirat Camargo, que transformou as obras que havia guardado ao longo dos mais de 50 anos que passou ao lado de Iberê em uma coleção, doada integralmente para dar início ao projeto da instituição.

Assim surgiu o Acervo da instituição, que conta com mais da metade de toda a produção deixada pelo artista – um total de cerca de 7 mil obras. Ele está dividido em Artístico e Documental: a primeira parte conta com mais de 5 mil obras entre desenhos, guaches, gravuras e pinturas, enquanto a segunda abriga mais de 20 mil catálogos, recortes de jornais e revistas, fotografias, correspondências, cadernos de notas e matrizes.

Desde seu surgimento, a Fundação visa preservar o Acervo, promover o estudo e a circulação da obra do artista, e estimular a interação do público com a arte, a cultura e a educação, a partir de programas interdisciplinares. A cada ano, são organizadas exposições, seminários, encontros com artistas e curadores, cursos e oficinas sobre a obra de Iberê Camargo e sobre questões ligadas à arte contemporânea, a fim de promover uma reflexão sistemática sobre o fazer artístico.

Inaugurada em maio de 2008, a Sede da Fundação foi projetada pelo português Álvaro Siza, um dos arquitetos contemporâneos mais importantes do mundo, para abrigar o Acervo e todas as demais atividades. O prédio possui salas expositivas, átrio, reserva técnica, centro de documentação e pesquisa, Ateliê de Gravura, Ateliê do Programa Educativo, auditório, loja, cafeteria e estacionamento próprio.

Visão
Ser um centro de excelência dedicado à obra de Iberê Camargo e à reflexão sobre arte moderna e contemporânea.

Missão
Preservar o acervo, promover o estudo e a divulgação da obra de Iberê Camargo, e estimular a interação dos públicos da Fundação com a arte, cultura e educação, a partir de programas interdisciplinares.

PROGRAMAS E PROJETOS
A Fundação Iberê Camargo atende seus públicos por meio do Programa Educativo, que realiza visitas mediadas e técnicas, oficinas, Encontros de Orientação para Educadores e a publicação de materiais didáticos. Suas atividades destinam-se tanto a professores e alunos dos ensinos infantil, fundamental, médio, superior e de educação de jovens e adultos (EJA), quanto ao público em geral.

A Fundação

A instituição coordena e executa, ainda, o Projeto de Catalogação da obra de Iberê Camargo, que tem por objetivo a pesquisa e documentação de sua produção artística e intelectual, bem como o mapeamento de registros de sua vida e obra.

O Ateliê de Gravura em que Iberê Camargo trabalhava também foi recriado na sede da Fundação. O espaço se mantém ativo por meio do Programa Artista Convidado, que recebe diferentes nomes da arte contemporânea para desenvolver gravuras utilizando a prensa alemã na qual trabalhava o mestre.

A Fundação também realiza, anualmente, a Bolsa Iberê Camargo, que envia artistas para uma temporada de aperfeiçoamento em um centro de arte internacional. O objetivo é fomentar a produção artística contemporânea no Brasil e possibilitar o intercâmbio de ideias, vivências e propostas.