Rochelle Costi

(Caxias do Sul, RS, 1961)

Fotógrafa e artista multímidia. Formou-se em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), Porto Alegre, em 1981. No ano seguinte, permaneceu seis meses em Belo Horizonte, e frequentou ateliês de arte na Escola Guignard e um curso de extensão sobre processos fotográficos do século XIX na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). De volta a Porto Alegre, fez instalações com fotografias e objetos que coleciona, tais como cinzeiros, malas, vidros e lâmpadas. Em 1983, realiza a mostra individual Tentativa de Vôo, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (MARGS). Em 1988, mudou-se para São Paulo, onde trabalhou com fotografia editorial. Viveu em Londres, entre 1991 e 1992, período em que estudou na Saint Martin School of Art e na Camera Work. Participou da 24ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1998, e das 6ª e 7ª Bienais de Havana, em 1997 e 1999, entre outras mostras internacionais. Em 1997, recebeu o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Fundação Nacional de Arte (Funarte) e, três anos depois, a Bolsa de Artes da Fundação Vitae.

 

Imagem: Rochele Costi no antigo Ateliê de Gravura da Fundação Iberê. Foto © Acervo Documental Fundação Iberê