Educação apresenta ações de gestão a empresários do 4º Distrito

06.set.19

Ao se dirigir a membros da Associação das Empresas dos bairros Humaitá-Navegantes (AEHN), nesta quarta-feira, 28, o secretário municipal de Educação, Adriano Naves de Brito, defendeu a importância da participação da sociedade civil organizada no desenvolvimento da educação de Porto Alegre. Ele participou do encontro mensal da entidade, que reúne empresários do 4º Distrito.

Brito falou sobre a criação do Fundo Cidadania pela Educação, lançado no último dia 15 pela Unesco, com o objetivo de tornar Porto Alegre a capital pioneira no Brasil na forma de financiamento da educação por meio da união de forças e da participação ativa do setor produtivo. Também explicou o ecossistema educacional da cidade, onde a rede comunitária é responsável por 75% da oferta de educação infantil pública.

O secretário abordou ainda a avaliação diagnóstica própria, aplicada pela primeira vez na rede em maio deste ano, para analisar o desempenho de estudantes do Ensino Fundamental. “Temos enormes desafios pela frente. O investimento financeiro do Município é alto, e precisamos que ele se reflita em aprendizado”, resumiu.

Outras questões levantadas foram as iniciativas recentes da Secretaria Municipal de Educação, como novos projetos para o contraturno nas escolas de Ensino Fundamental e o lançamento de makerspaces com o Instituto Besouro de Fomento Social. Entre os novos projetos citados, está o Iberê nas Escolas, desenvolvido em parceria com a Fundação Iberê Camargo.

 

Texto: Luzia Lindenbaum
Edição: Rui Felten

Imagem: Visita da EMEF Leocádia Prestes a Fundação Iberê, 2019. Foto © Nilton Santolin