Educativo

O programa educativo da Fundação Iberê Camargo tem como objetivo principal aproximar a população deste espaço cultural, a fim de constituir e formar um público que tenha acesso às diferentes linguagens artísticas, em especial, as artes visuais.

O programa promove o estudo e a divulgação da obra de Iberê Camargo e busca aproximar o público da arte moderna e contemporânea. Desenvolve materiais e atividades para professores e alunos, assim como pessoas com necessidades especiais. Atua na formação de mediadores e novos profissionais para o campo da arte. Realiza visitas mediadas e técnicas, oficinas, encontros de orientação para educadores e publicação de materiais didáticos. São propostas também atividades de artes integradas e debates sobre temas ligados à arte e à cultura.

A Fundação, com seu programa educativo, pretende consolidar este espaço como um importante polo de formação cultural, de debates sobre arte e educação e de inserção de tecnologias criativas na produção artística.

18.set-18.set.19
15:00-17:00
Educativo

Que tal passar quarta-feira à tarde aquarelando?

A convite da Fundação Iberê Camargo o Clube WTF Aquarela traz a sua segunda edição da “Oficina WTF Aquarela”, acontecendo dentro do espaço cultural. Uma tarde de respiro no meio da semana para ter contato com as possibilidades criativas da aquarela, explorar as tintas, se permitir conhecer algo novo e se conectar com o espaço artístico do Iberê. Os idealizadores do clube, Élin Godois, Bruno Padilha e Gabriela Souza, guiarão uma experiência através dos primeiros conhecimentos sobre aquarela e conduzirão uma atividade focada em observação do lugar que nos acolhe e suas características artísticas e físicas.

A oficina terá a duração de 2h e as inscrições são gratuitas mediante a entrega de uma caixinha de leite vazia e limpa. Cada participante deve levar as folhas que irá utilizar para a atividade (3 folhas A4 de 300g.)

Somos um clube pra quem gosta ou quer muito começar a aquarelar, trocar ideias e tomar cafés. Simples assim, como tudo na vida deveria ser. Para participar basta ter algum interesse em se aproximar das tintas. O clube é um espaço livre para experimentação, um convite à explorar a criatividade através da aquarela. Os encontros são semanais e abertos a quem tiver interesse, sem necessidade de inscrição ou conhecimento prévio de qualquer técnica de pintura ou desenho. Nesse espaço não damos uma aula, nem temos um roteiro a seguir. Cada pessoa que chega soma e assim todos aprendem e compartilham um pouquinho do que trazem consigo a cada encontro.
Essa é a essência do Clube WTF Aquarela.

Horário: 15h
Número de vagas: 20
Local: Átrio da Fundação Iberê
Público: livre
Incrições: uma caixinha de leite vazia e limpa, através do link.

15.set-15.set.19
15:00-16:30
Educativo

Quanto de raiz, vento, concreto, água, ressoam em mim do contato com a natureza? Quais as relações entre experiência sensível e educação são possíveis?

O ressoar dos ventos mexe com o corpo: os pelos do braço se arrepiam, alguns músculos se constroem, os olhos se fecham como que a impedir a entrada de um cisco ou poeira. Tudo isso em uma fração de segundos e muitas vezes, inconsciente. Nosso corpo está o tempo inteiro se relacionando com o mundo. E o corpo educador que está a se encontrar com outros corpos educandos, como se sente com o mundo? Neste Encontro de Educadores convidamos professoras e professores, estudantes e interessados em arte e educação a terem uma experiência sensorial no espaço tão verde, a Mata Iberê.

A atividade terá como guia a respiração e a escuta em conjunto com práticas psicossomáticas. O encontro será conduzido por Krishina Daudt e possui inscrições limitadas.
Em caso de chuva esta atividade será transferida.

Krishna Daudt, é também Ava Guaviy. artista visual, dedica-se a experiência da presença e encontros com a arte na vida ordinária. Bailarina, yoginí, professora e permacultora. Participa como pesquisadora do Movimento Integral Bambu e do c4- performance em conjunto. É Idealizadora e integrante do Laboratório do Rolê, grupo de pesquisa em Contato e improvisação. Vive e trabalha onde estiver.

Horário: 15h
Data: 15 de Setembro
Número de vagas: 15
Local: Mata da Fundação Iberê
Público: educadores, pesquisadores e interessados em arte e educação.

Incrições: uma caixinha de leite vazia e limpa, através do link. 

14.set-14.set.19
15:00-17:00
Educativo

Você já fez uma xilogravura? Um dos processos mais antigos de reprodução de imagens, a xilogravura foi a principal técnica desenvolvida pelos artistas do Grupo de Bagé, movimento que têm início na década de 40 no Rio Grande do Sul. A xilogravura têm como princípio a utilização de uma base de madeira como suporte para desenho e ou palavras, que são cavadas com objetos pontiagudos e posteriormente utilizada como base de impressão, tal qual os conhecidos carimbos. Através da apresentação da técnica e modelos, o artista visual Lucas Schultz irá ministrar uma oficina de xilogravura na Fundação Iberê para aqueles que não conhecem a técnica da gravura ou têm vontade de fazer gravura em um espaço diferente como a Fundação Iberê. A atividade faz parte da programação da exposição sobre o Grupo de Bagé, com abertura em 30 de novembro deste ano.

14 de Setembro | 15h
30 VAGAS  | Público: a partir de 13 anos.
Incrições: uma caixinha de leite vazia e limpa, através do link: SE INSCREVA AQUI

08.set-08.set.19
15:00-17:00
Educativo

A parede, a porta ou o chão podem se transformar em desenhos? Através do olhar atento, convidamos as crianças a desbravarem a Fundação Iberê com lupas e descobrirem os padrões que existem nas diferentes superfícies da arquitetura de Álvaro Siza. As texturas serão registradas através da técnica de frotagem e ao final iremos compor paisagens dialogando com a exposição Antes da Palavra , de Daniel Senise.

8 de Setembro | 15h
15 VAGAS | Público: crianças de 6 a 9 anos.
Incrições: uma caixinha de leite vazia e limpa, através do link: SE INSCREVA AQUI 

20.set-20.set.19
15:00-17:00
Educativo

O que significa uma bandeira? Amarelo, verde e azul. Ou ainda: amarelo, vermelho e verde.
As bandeiras do mês de setembro trazem promessas de liberdade, igualdade e humanidade, de ordem e de progresso. Através das cores e símbolos, há também a história de duas importantes famílias portuguesas e suas cores, que lembram mais do que matas e ouro, lembram ideias positivistas e republicanas presentes no seu tempo de criação. Hoje, mais do que nunca, hasteamos a bandeira do Brasil num jogo de identidade
nacional e cantamos a velha cantiga infantil:

Marcha soldado
Cabeça de papel
Quem não marchar direito
Vai preso pro quartel
O quartel pegou fogo
Polícia deu sinal
Acode, acode, acode a bandeira nacional

Já cantada na voz de Galinha Pintadinha e de Xuxa, a antiga canção nos convoca a observar e aproveitar a possibilidade de estarmos juntos. Convidamos você para criar uma bandeira na Fundação e a refletir sobre os significados das bandeiras que nos compõem. A atividade é gratuita e
acontecerá em duas datas, você pode escolher qual dia é melhor!

 7/09 e 20/09 | 15h
15 VAGAS POR DATA

Classificação indicativa: 16 anos

É necessário uma caixinha de leite vazia e limpaSe inscreva aqui!

07.set-07.set.19
15:00-17:00
Educativo

O que significa uma bandeira? Amarelo, verde e azul. Ou ainda: amarelo, vermelho e verde.
As bandeiras do mês de setembro trazem promessas de liberdade, igualdade e humanidade, de ordem e de progresso. Através das cores e símbolos, há também a história de duas importantes famílias portuguesas e suas cores, que lembram mais do que matas e ouro, lembram ideias positivistas e republicanas presentes no seu tempo de criação. Hoje, mais do que nunca, hasteamos a bandeira do Brasil num jogo de identidade
nacional e cantamos a velha cantiga infantil:

Marcha soldado
Cabeça de papel
Quem não marchar direito
Vai preso pro quartel
O quartel pegou fogo
Polícia deu sinal
Acode, acode, acode a bandeira nacional

Já cantada na voz de Galinha Pintadinha e de Xuxa, a antiga canção nos convoca a observar e aproveitar a possibilidade de estarmos juntos. Convidamos você para criar uma bandeira na Fundação e a refletir sobre os significados das bandeiras que nos compõem. A atividade é gratuita e
acontecerá em duas datas, você pode escolher qual dia é melhor!

 7/09 e 20/09 | 15h
15 VAGAS POR DATA

Classificação indicativa: 16 anos

É necessário uma caixinha de leite vazia e limpaSe inscreva aqui!