Educativo

O programa educativo da Fundação Iberê Camargo tem como objetivo principal aproximar a população deste espaço cultural, a fim de constituir e formar um público que tenha acesso às diferentes linguagens artísticas, em especial, as artes visuais.

O programa promove o estudo e a divulgação da obra de Iberê Camargo e busca aproximar o público da arte moderna e contemporânea. Desenvolve materiais e atividades para professores e alunos, assim como pessoas com necessidades especiais. Atua na formação de mediadores e novos profissionais para o campo da arte. Realiza visitas mediadas e técnicas, oficinas, encontros de orientação para educadores e publicação de materiais didáticos. São propostas também atividades de artes integradas e debates sobre temas ligados à arte e à cultura.

A Fundação, com seu programa educativo, pretende consolidar este espaço como um importante polo de formação cultural, de debates sobre arte e educação e de inserção de tecnologias criativas na produção artística.

-
Educativo

Em tempos de isolamento social, estamos diante da necessidade de repensar o que é estar juntos. Inspirados no formato de uma residência artística, a Fundação Iberê convida artistas e não artistas a participar do projeto Residência Educativa e Artística de si. Esta proposta tem como objetivo compreender a situação de reclusão como uma possibilidade de imersão –  no local em que estamos e em nós mesmos – junto a uma rede de compartilhamento e convívio virtual com outras pessoas. Serão três semanas de um campo fértil de discussão, experimentação e criação artística, tendo como recursos: fotografia, vídeo, som e texto. 

Afinal, como sentir-se parte do mundo, quando o mundo se limita às nossas casa? Que afetos nos são possíveis? 

Como vai funcionar? 

A residência acontecerá durante três semanas com encontros nas segundas, quartas e sextas, do dia 13 de abril à 1º de maio, das 14h-17h. Cada semana será permeada por propostas dirigidas com base em um dos seguintes eixos temáticos: Poéticas do corpo, Poéticas do espaço e Poéticas da conjuntura. Ao longo desse período, serão realizadas discussões, experimentações artísticas, acompanhamento dos processos e compartilhamento das produções por meio da construção de um portfólio coletivo. 

Como me inscrevo?

As inscrições são gratuitas e acontecem do dia 7 ao dia 10 de abril. Para se inscrever, é necessário ter disponibilidade para três encontros semanais (nas segundas-feiras, quartas-feiras e sextas-feiras das 14h às 17h) por vídeo chamada, ser maior de 18 anos e preencher o formulário de inscrição. A seleção dos/das participantes será por sorteio, com divulgação por email no dia 11/04.

Clique aqui para se inscrever!

** Para maiores informações, entre em contato com a nossa equipe pelo e-mail: agendamento@iberecamargo.org.br

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê está elaborando uma série de atividades para esses dias de isolamento. Trata-se de atividades para enxergar um pouco mais de arte no cotidiano e estar juntos!

Basta você ter um celular, papel, caneta e lápis, realizar as propostas e publicar o resultado marcando a @fundacaoibere no Instagram

 

Exercício #9:

Observe os tecidos presentes na sua casa e identifique os padrões presentes neles.

Eles podem estar no sofá, nas cortinas, na roupa de cama, ou na sua camiseta.

Pegue uma folha de papel e desenhe quatro quadrados em branco, só com o contorno.

Agora escolha 4 padrões que observou e desenhe cada um em quadrado diferente.

Compartilhe!

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê está elaborando uma série de atividades para esses dias de isolamento. Trata-se de atividades para enxergar um pouco mais de arte no cotidiano e estar juntos!

Basta você ter um celular, papel, caneta e lápis, realizar as propostas e publicar o resultado marcando a @fundacaoibere no Instagram

 

Exercício #8:

Você já parou para pensar nos textos que têm lido por dia? Será que existem outras coisas para serem lidas que não apenas aquelas escritas?

Escolha uma imagem que tenha em sua casa. Pode ser de um livro, revista, do celular, ou mesmo de um filme.

Se desafie a ler essa imagem. Observe os planos da imagem, o que acontece ali, quais são os personagens ou objetos presente, como são as cores.

Grave um áudio com tudo isso e envie para um amigo sem mandar a imagem.

Compartilhe a experiência!

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê está elaborando uma série de atividades para esses dias de isolamento. Trata-se de atividades para enxergar um pouco mais de arte no cotidiano e estar juntos!

Basta você ter um celular, papel, caneta e lápis, realizar as propostas e publicar o resultado marcando a @fundacaoibere no Instagram

 

Exercício #7:

Com uma venda ou algum tecido, tape seus olhos.

Gire duas vezes e vá até o cômodo mais distante da sua casa utilizando apenas o sentido do tato.

Se ajoelhe ou desvie dos possíveis obstáculos e realize esse percurso com calma, prestando muita atenção nas palmas das mãos.

Ao finalizar, retire a venda e anote as cinco primeiras palavras que vieram na sua cabeça.

Você descobriu algo novo sobre sua casa ou sobre você mesma no trajeto?

Compartilhe!

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê está elaborando uma série de atividades para esses dias de isolamento. Trata-se de atividades para enxergar um pouco mais de arte no cotidiano e estar juntos!

Basta você ter um celular, papel, caneta e lápis, realizar as propostas e publicar o resultado marcando a @fundacaoibere no Instagram

 

Exercício #6:

Às vezes, parece que tudo é igual.

Será que o lugar que habitamos é sempre igual, ou é o nosso olhar que se acostumou?

Escolha um cantinho que você mais goste da sua casa e o fotografe em cinco ângulos diferentes.

Depois, com uma única folha de papel branca sobre o celular, desenhe as linhas do que vê.

A cada foto, troque a cor do lápis ou caneta.

Compartilhe!

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê está elaborando uma série de atividades para esses dias de isolamento. Trata-se de atividades para enxergar um pouco mais de arte no cotidiano e estar juntos!

Basta você ter um celular, papel, caneta e lápis, realizar as propostas e publicar o resultado marcando a @fundacaoibere no Instagram

 

Exercício #5:

Medir o tempo em afetos.

Já percebeu como a sensação de passagem do tempo muda conforme nossa rotina se altera, ou mesmo, a cidade muda o funcionamento?

Em uma folha, anote o tempo das coisas:

o horário do início da noite, do silenciamento da cidade, do café, dos sons às janelas.

Se você lembrar, anote ao lado o tempo que as mesmas coisas aconteciam antes da quarentena.

Compartilhe!