Educativo

O programa educativo da Fundação Iberê tem como objetivo principal aproximar a população deste espaço cultural, a fim de constituir e formar um público que tenha acesso às diferentes linguagens artísticas, em especial, as artes visuais.

O programa promove o estudo e a divulgação da obra de Iberê Camargo e busca aproximar o público da arte moderna e contemporânea. Desenvolve materiais e atividades para professores e alunos, assim como pessoas com necessidades especiais. Atua na formação de mediadores e novos profissionais para o campo da arte. Realiza visitas mediadas e técnicas, oficinas, encontros de orientação para educadores e publicação de materiais didáticos. São propostas também atividades de artes integradas e debates sobre temas ligados à arte e à cultura.

A Fundação, com seu programa educativo, pretende consolidar este espaço como um importante polo de formação cultural, de debates sobre arte e educação e de inserção de tecnologias criativas na produção artística.

-
Educativo

A Fundação Iberê preparou uma programação especial para celebrar o Mês das Crianças. Entre os dias 1 e 29 de outubro, sempre aos sábados, serão oferecidas oficinas gratuitas de pintura, de gravura em linóleo e de pigmentação com elementos naturais para pequenos com idades entre seis e dez anos.

PROGRAMAÇÃO
1º e 22 de outubro | Sábado
Oficina de pintura com stencil a partir da exposição de Rodrigo Andrade
Horário: 15h às 17h
Após visita à exposição Assombrações: um diálogo pictórico com Iberê Camargo, de Rodrigo Andrade, as crianças participarão de uma atividade de pintura utilizando stencil. A oficina pretende explorar a técnica utilizada pelo artista e mostrar a sua versatilidade na arte urbana, impressão em tecido, papel, produção de convites ou cartazes.
Número de vagas: doze participantes 
Público alvo: crianças entre seis e dez anos
Inscrição para 1º de outubro, clique aqui
Inscrição para 22 de outubro, clique aqui 

8 e 29 de outubro | Sábado
Oficina de Linoleogravura
Horário: 15h às 17h
Uma das principais técnicas utilizadas pelo artista Iberê Camargo, o público será convidado a produzir uma gravura em linóleo.
Número de vagas: doze participantes 
Público alvo: crianças entre seis e dez anos
Inscrição para 8 de outubro, clique aqui
Inscrição para 29 de outubro, clique aqui 

15 de outubro | Sábado
Oficina de pigmentação com elementos naturais

Nesta oficina, serão utilizados elementos como terra, folhas, chás e temperos para criar diferentes pigmentos para colorir uma paisagem, a partir da prática de observação.
Número de vagas: doze participantes 
Público alvo: crianças entre seis e dez anos
Inscrição, clique aqui 

-
Educativo

A Fundação Iberê apresenta a temporada de música de câmara. As apresentações ocorrem no primeiro domingo de cada mês, sempre às 17h, no auditório. Com curadoria de Érico Marques (GO), Lucas Brayner (PE), Henrique Amado (SP) e Nayane Nogueira (MG), os grupos são formados, em sua maioria, por músicos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).

A entrada é gratuita, com retirada de senha uma hora antes de cada recital.

 

Sobre os curadores
Érico Marques – Natural de Goiânia, iniciou os estudos musicais aos 8 anos de idade. Aos 14, já viaja a Brasília (250 km de Goiânia) para fazer aula de oboé. Com 17 anos, mudou-se para São Paulo para cursar bacharelado em oboé, pela Universidade Estadual Paulista (UNESO). Em 2013, aos 19 anos, foi aceito na Academia de Música da Osesp. Como vencedor do prêmio Eleazar de Carvalho, ganhou intercâmbio na Royal Academy of Musica (UK). Foi oboista na Orquestra Sinfônica de Goiânia (2016); tocou na Orquestra Filarmônica de Goiás (2017) e, desde 2018, integra a OSPA.

Lucas Brayner – Natural de Recife (PE), iniciou seus estudos de piano na França, aos 7 anos de idade, com o professor Jean-Paul Marron e, dois anos depois, com Yves Gidrol. Formado pelo Conservatório de Paris, retornou ao Brasil para cursar bacharelado em piano na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mestre em Práticas Interpretativas pela UFGRS, faz doutorado na mesma universidade, sob a orientação de Cristina Capparelli Gerling. Ao lado de Nayane Nogueira, forma o Duo Lune (piano 4 mãos), vencedor do 28° Concurso Nacional de Piano de Ituiutaba (2021). Atualmente, leciona piano no Curso de Extensão da UFGRS.

Nayane Nogueira – Nascida em Canápolis (MG), iniciou os estudos de piano aos 15 anos de idade, no Conservatório Estadual de Música de Ituiutaba. É bacharel em piano pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e mestre e doutora em Práticas Interpretativas pela UFGRS, e professora de teclado/piano no Instituto Federal do Rio Grande do Sul – Campus Porto Alegre.

Henrique Amado – Natural de São Paulo, iniciou os estudos de música aos 12 anos, na Escola Municipal de Música de São Paulo. Em 2007, ingressou no curso de Bacharelado em Flauta transversal da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Cursou pós-graduação em regência nos anos de 2015 e 2016. Como flautista, integrou diversas orquestras, como:          Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, Orquestra Experimental de Repertório – SP, Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto – SP, Orquestra doTheatro São Pedro – SP e, atualmente, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).

AGENDA DE CONCERTOS

9 de outubro | Domingo | 17h
Grupo: 
Um Duo de Três e convidado
Tema: Um passeio pela história da música
Músicos: Lucas Brayner e Nayane Nogueira (pianos), Érico Marques (oboé)  e Henrique Amado (flauta)

Repertório:

Telemann – Duetto TWV 40:107
I – Affettuoso
II – Allegro
III – Andante
IV – Presto

C. P. E. Bach – Sonata em Sol Menor
I – Allegro
II – Adagio

Chopin – Variações sobre um tema de Rossini

Schumann – Romance n°1

Debussy – Clair de Lune

Piazzolla – Oblivion

Radamés Gnattali – Sonatina em Ré Maior
I – Allegro Moderato
II – Expressivo
III – Allegro ‘Lembrando Pixinguinha’

Chiquinha Gonzaga – Cananéa

Chiquinha Gonzaga – Atraente

 

6 de novembro | Domingo | 17h
Grupo: 
Lieder e Canções
Tema: Lieder e Canções

4 de dezembro | Domingo | 17h
Tema: 
Especial de Natal

-
Educativo

O Programa Educativo da Fundação Iberê retoma, de 21 a 31 de julho, a sua colônia de férias com atividades pensadas para crianças com idades entre 6 e 10 anos. De forma lúdica e divertida, o projeto pretende fortalecer o vínculo delas com a Fundação e incentivar o aprendizado sobre temas voltados à arte e à cultura.

A cada encontro, que ocorre sempre de quinta a domingo, das 15h às 17h, uma programação diferente, como produção de gravura com embalagem tetra pak e de pigmento extraído de folhas, verduras e temperos.

PROGRAMAÇÃO
21 de julho | Quinta-feira
Horário:
 15h às 17h 

Oficina de Gravura em embalagem Tetra Pak 
Iberê Camargo iniciou a técnica da gravura em metal nos anos 1940. Em 1948, aprimorou-se neste campo de expressão artística na Calcografia Nazionale de Roma, durante sua residência de estudos na Europa. Na década de 1960, a experimentação com a gravura foi muito intensa, sendo reconhecida internacionalmente na Bienal de Veneza de 1962. Até o ano de sua morte (199), Iberê alternava a prática da pintura com a de gravura. Esta oficina propõe experimentar a gravura reciclando caixinhas tetra pak, como forma de desenvolver a consciência ambiental e incentivando o processo criativo. 
Número de vagas: 12 participantes   
Inscrição encerrada

22 de julho | Sexta-feira
Horário: 15h às 17h 
Oficina de Pigmentação com Elementos Naturais 
A atividade utiliza elementos, como terra, folhas, verduras e temperos, para criar diferentes pigmentos. 
Número de vagas: 12 participantes   
Inscrição encerrada

23 de julho | Sábado – Oficina Observando a Cidade 
Horário: 15h às 17h 
Oficina Observando a Cidade 
Após uma visita guiada à exposição Iberê e Porto Alegre – No andar do tempo, que apresenta um recorte do acervo da Fundação Iberê e propõe um passeio pelo olhar do artista por alguns locais significativos de Porto Alegre, como a Ponte de Pedra, o Parque da Redenção, a Usina do Gasômetro e o pôr do sol, os participantes serão convidados a pintar seus lugares preferidos na cidade.

Número de vagas: 12 participantes   
Inscrição encerrada

24 de julho | Domingo
Horário: 15h às 17h 
Oficina Tecendo Narrativas 
A partir de uma visita à exposição Antes que se apague: territórios flutuantes, do artista Xadalu Tupã Jekupé, o Programa Educativo propõe explorar as infinitas possibilidades de histórias que podem ser construídas a partir das obras.
úmero de vagas: 12 participantes   
Inscrição encerrada

28 de julho | Quinta-feira
Horário: 15h às 17h 
Oficina Observando a Cidade 
Após uma visita guiada à exposição Iberê e Porto Alegre – No andar do tempo, que apresenta um recorte do acervo da Fundação Iberê e propõe um passeio pelo olhar do artista por alguns locais significativos de Porto Alegre, como a Ponte de Pedra, o Parque da Redenção, a Usina do Gasômetro e o pôr do sol, os participantes serão convidados a pintar seus lugares preferidos na cidade.

úmero de vagas: 12 participantes   
Inscrições gratuitas: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=k9p9OO-6hUmzqa3Jbizq7ZZZOmN72rdIsF5j_6LVMvFUOTBHOVFHN000UjhBMENWRUNGTjFEUEJaSy4u

29 de julho | sexta-feira
Horário: 15h às 17h 
Oficina de Gravura em embalagem Tetra Pak 
Iberê Camargo iniciou a técnica da gravura em metal nos anos 1940. Em 1948, aprimorou-se neste campo de expressão artística na Calcografia Nazionale de Roma, durante sua residência de estudos na Europa. Na década de 1960, a experimentação com a gravura foi muito intensa, sendo reconhecida internacionalmente na Bienal de Veneza de 1962. Até o ano de sua morte (199), Iberê alternava a prática da pintura com a de gravura. Esta oficina propõe experimentar a gravura reciclando caixinhas tetra pak, como forma de desenvolver a consciência ambiental e incentivando o processo criativo. 
Número de vagas: 12 participantes   
Inscrições gratuitas: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=k9p9OO-6hUmzqa3Jbizq7ZZZOmN72rdIsF5j_6LVMvFUMkgwUkRLTU05NlpLWUM2OUFZOUNYQUZYTy4u

30 de julho | Sábado
Horário: 15h às 17h 
Oficina Tecendo Narrativas 
A partir de uma visita à exposição Antes que se apague: territórios flutuantes, do artista Xadalu Tupã Jekupé, o Programa Educativo propõe explorar as infinitas possibilidades de histórias que podem ser construídas a partir das obras.
úmero de vagas: 12 participantes   
Inscrições gratuitas: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=k9p9OO-6hUmzqa3Jbizq7ZZZOmN72rdIsF5j_6LVMvFURVRRRjJMSlNITkhHRUQyR0NTM1g3WlhNVC4u

31 de julho | Domingo
Horário: 15h às 17h 
Oficina de Pigmentação com Elementos Naturais 
A atividade utiliza elementos, como terra, folhas, verduras e temperos, para criar diferentes pigmentos. 
Número de vagas: 12 participantes   
Inscrições gratuitas: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=k9p9OO-6hUmzqa3Jbizq7ZZZOmN72rdIsF5j_6LVMvFURVpQN01VMkk1OFQyNVNEVTRSVFdIRE03Ri4u

12.jun-12.jun.22
16:00-17:30
Educativo

Neste domingo, dia 12/06, a Fundação Iberê celebra o Dia dos Namorados com uma oficina xilogravura.

O processo da xilogravura é muito parecido com o carimbo. Nesta técnica, a madeira é entalhada com instrumento cortante, formando a figura que se pretende reproduzir sobre papel ou outro suporte adequado.

Cada inscrição é válida para uma dupla.

Convide alguém especial e venha participar de uma oficina que vai te aproximar de um dos processos mais antigos de reprodução de imagens.

A atividade é voltada para pessoas com idade a partir de 16 anos, as  inscrições são gratuitas!

Clique aqui para se inscrever!

Data: 12/06
Horário: 16h às 17h30
Número de vagas: 14 participantes
Público alvo: jovens e adultos com idade a partir de 16 anos
Local: Fundação Iberê
Inscrições gratuitas!

-
Educativo

O colorido da sobreposição das cores e a riqueza dos detalhes pintados à mão fazem das pêssankas muito mais do que simples presentes na Páscoa dos povos eslavos. A tradição de pintar os ovos e presentear amigos e parentes é seguida desde os antepassados, e simboliza, acima de tudo, proteção e longevidade.

Para celebrar a data, neste final de semana (16 e 17), o Programa Educativo da Fundação Iberê promove uma oficina de pintura de ovos. A atividade, que ocorre das 15h às 16h30, é voltada para crianças com idades entre 5 e 9 anos. Serão oferecidas doze vagas por dia, e as inscrições devem ser feitas pelo site do centro cultural, no link…

Os participantes devem vestir roupas confortáveis e que possam sujar de tinta. Todo o material – tinta, ovos de plástico e balas – será fornecido pelo Programa Educativo. Após a oficina, as crianças serão convidadas para a caça aos ovos.

Oficina de Páscoa – Pintura de ovos
Quando: 16 e 17 de abril | Sábado e Domingo | 15h às 16h30
Onde: Fundação Iberê
Público-alvo: crianças com idades entre 5 e 9 anos
Vagas: até doze participantes por oficina
Inscrições:
Para fazer a inscrição, clique no dia desejado

16 de abril

17 de abril

-
Educativo

Para quem estiver em Porto Alegre no próximo final de semana, o Programa Educativo da Fundação Iberê promove duas atividades. No sábado (12), a partir das 14 horas, tem contação de histórias de obras, como “Amoras”, de Emicida; “A visita”, da alemã Antje Damm (Prêmio de Melhor Livro Infantil Ilustrado, organizado pelo The New York Times), e “Meu crespo é de rainha”, de Bell Hooks.

No domingo (13), das 15h às 17h, o Educativo ministra uma oficina de gravura em embalagem Tetra Pak. A atividade envolve um passeio pela trilha ecológica, em busca de inspiração para produção de gravuras.

A oficina gratuita tem como público-alvo crianças e adolescentes, com idades entre 7 e 15 anos. As inscrições devem ser feitas pelo link https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=k9p9OO-6hUmzqa3Jbizq7ZZZOmN72rdIsF5j_6LVMvFUNFRPR0ZPQjhNNDBWSkVOTzVVVk9ZNVZTMS4u.

Em cumprimento aos protocolos, é obrigatório a apresentação do passaporte vacinal e a utilização correta de máscara durante toda a atividade.