Performances

Artistas são chamados a explorar o cotidiano, as emoções e o indizível, articulando ideias e relações que estão além das dinâmicas de convivência socialmente construídas. O corpo e a arquitetura funcionam como agentes espaciais que se afetam mutuamente, desconstruindo noções de hierarquia e pontos de vista.